O ano de 2015 em Posters

posters_2015 copy

 

Fim do ano significa, entre outras coisas, o regresso da catadupa de listas dedicadas ao melhor e pior do que se fez durante 12 meses em tudo desde o Cinema até ao Jornalismo. Nunca querendo ficar fora da histeria sazonal, a equipa deu seguimento à prática que iniciou o ano passado de recolher, analisar e seleccionar os mais admiráveis posters que representam títulos do ano passado. Após breve mas calorosa deliberação chegou-se a um consenso de 50, abaixo representados em toda a sua glória, por nenhuma ordem específica que não seja a alfabética.

Ler mais…

Filmes para o Verão

summer_header 6 copy

 

Verão: a Canaã posta no calendário para toda a gente entre os 5 e os 65. Para fãs do Cinema a temporada do sol, céu limpo e descanso é também sinónimo de pessoas a atafulhar toda e qualquer sala onde o blockbuster mais recente esteja a ser exibido. Mas às vezes o mar está bravo, o sol não aquece, as praias estão cheias, os amigos trabalham ou o dinheiro aperta. Para aqueles que querem evitar inconveniências – ou simplesmente preferem o conforto do lar – deixamos um punhado de alternativas para preencher as manhãs/tardes/serões mediante diferentes estados de espírito.

Bons filmes.

Ler mais…

O ano de 2014 em Posters

header copy

 

O ano dispara agora os seus últimos cartuchos e isso significa que é tempo de balanços sobre a jornada que foi 2014. Embora muitos dos títulos mais aguardados e positivamente comentados do ano ainda tardem a chegar a terras lusas o mesmo não pode ser dito das peças promocionais que os representam pelas paredes das divisões onde o culto ao Cinema se pratica. Coloridos ou a preto e branco, minimalistas ou embelezados, com mais ou menos Photoshop, os posters, em todo o seu esplendor estático, têm ainda um certo poder de atracção sobre espectadores indecisos ou incertos sobre o filme que estes apregoam.

É certo que um filme, tal como um livro, não deve ser julgado pela sua capa mas o cuidado tido com uma peça de propaganda pode também ser um indicador do cuidado que foi tido com a película em si ou, no pior dos casos, uma possível nova opção para dar vida a um espaço. Do presente ano seleccionámos 50 bons exemplos disso mesmo. Alheia a qualquer opinião sobre o filme em si esta lista ordenada por ordem alfabética foca-se em honrar 50 das melhores peças do género atribuídas a filmes com data de 2014, tentando albergar todo o tipo de géneros, dimensões, formatos e origens. Ora vejamos…

Ler mais…

10 Natais Especiais

natal_header2 copy

 

Chegou a época do ano com mais magia para uns e transtorno para outros, uma temporada de sentimentos brandos e de apelo à comunhão que ao longo dos tempos se tem vindo a traduzir em corridas de última hora a superfícies comerciais a abarrotar, reuniões familiares mal-vistas e jogos de logística. E filmes. As televisões enchem-se de novos e velhos títulos ligados ao Natal de forma a atrair a atenção de famílias mais caseiras e nos cinemas os estúdios tendem a guardar um dos seus trunfos mais comerciais para aproveitar o fluxo de espectadores que aproveitam as suas férias da escola e/ou do trabalho.

Em 2015 o novo capítulo da saga Star Wars chegará exactamente uma semana antes do dia de Natal e em Janeiro de 2010 James Cameron esmagou o seu próprio recorde de bilheteira quando Avatar, lançado em Dezembro de 2009, subiu ao primeiro lugar do top de filmes mais rentáveis de sempre. O Natal tornou-se então um segundo Verão para aqueles que procuram entreter e ser entretidos fora de casa e dentro dela a chuva de clássicos, repetições e novas entradas por tudo o que é canal é uma constante na corrida às audiências, ainda que algumas dessas escolhas comecem a ficar gastas. Para aqueles que já estejam fartos de Die Hard e Home Alone (o mais humanamente possível, pelo menos) deixamos aqui recomendados 10 contos alternativos para ser desfrutados debaixo do cobertor ou ao calor da lareira.

Boas festas!

Ler mais…

15 Filmes para o Halloween

alt_header copy

 

Embora no nosso país a tradição de esculpir abóboras e sair à noite à caça de doces nunca tenha atingido o mediatismo do seu homólogo americano, a mística do Halloween não deixa de marcar presença nesta altura do ano. Para quem gosta de viver a festividade ao máximo não faltam opções de máscaras, maquilhagem e apetrechos que ajudem a libertar o zombie ou vampiro em nós naquela madrugada entre 31 de Outubro e 1 de Novembro. No entanto existem aquele mais pacatos, que não tenham tempo ou paciência para festas ou que apenas prefiram passar os serões em locais menos turbulentos e para eles o Cinema é sempre uma boa alternativa para assinalar a data. Quer sozinhos ou com um grupo de amigos, existe sempre um filme à medida de quem quer passar um bom bocado absorvido no clima etéreo quer se goste ou não de sentir um constante arrepio na espinha.

De forma a evitar vários nomes que muitos tenham já em mente, como os Halloween e os Nightmare on Elm Street desta vida, os títulos abaixo tendem a divergir um pouco em género e idade mas os seus corações estão no sítio certo. Hoje deixamos 15 recomendações ordenadas por ordem (provável) de palpitações. Bons sustos.

Ler mais…

Making-of: David Fincher

 

fincher_header copy

 

 

O que têm Michael Jackson, Madonna Mark Knopfler em comum para além de um lugar na História da Música e os arcos góticos da letra ‘M’ a adornar o início dos seus nomes? A verdade é que um dia todos tiveram como colaborador um tal de David Fincher, na altura em que a carreira deste consistia principalmente de dirigir videoclips, entre os quais se encontra o famoso “Vogue” da supracitada Madonna. Desde esse período o realizador conseguiu dar o salto para as longas metragens e cerca de 20 anos depois tem um lugar mais que assegurado no círculo de autores mais conceituados da actualidade. Na semana em que estreia o seu mais recente filme Gone Girl em terras lusitanas, assinalamos a ocasião com um breve olhar sobre a sua carreira onde colocamos os seus filmes por ordem de preferência.

Ler mais…

Kampai! : Uma iguaria chamada Anime

anime_header copy

 

 

Anime. A mera menção do estilo de animação oriental, popularizado por produções de origem japonesa, teve sempre um certo estigma associado a si em terras ocidentais. Embora nomes como Dragon Ball, Sailor Moon ou Samurai X tenham legitimado um pouco o género no nosso país, é ainda frequente sentir-se o ostracismo de que ele é vítima vindo de faixas etárias mais adultas que relacionam o seu desinteresse com o facto do material ser basicamente um desenho animado e,  consequentemente, para crianças.

Ler mais…

Livros Clássicos para o Verão

verão

 

Sol e descontracção garantem inebriantes leituras no tempo estivo. Esta lista contém uma selecção pessoal de clássicos da Literatura que serão bem-vindos esta estação.

Ler mais…