The Room (2003)

room_header copy

 

 

O famoso crítico de Cinema Roger Ebert escreveu um dia sobre o filme “Freddie Got Fingered” de Tom Green: This movie doesn’t scrape the bottom of the barrel. This movie isn’t the bottom of the barrel. This movie isn’t below the bottom of the barrel. This movie doesn’t deserve to be mentioned in the same sentence with barrels. Sucinto no seu desdém, Ebert não só havia conjurado mais uma citação genial para o seu portfólio de muitas como também uma espécie de frase-mestra que encapsula perfeitamente o sentimento reservado àqueles filmes que fazem a mais recente saga “Transformers” parecer Shakespeare. “Annie” e “Movie 43” são exemplos recentes disso mesmo mas até quando se trata do entulho de toda uma indústria existem motivos suficientes para um processo cuidado de atribuição que atribuirá justamente o pecador ao seu círculo do Inferno. Todos eles serão sempre horríveis desculpas de Cinema mas a falta de qualidade de exemplos como os supracitados não os tornará no futuro mais memoráveis do que já são hoje (esperemos) enquanto outros falham de forma tão espectacular que o estudo da sua génese não é só aliciante mas quase obrigatório.

Ler mais…

Inherent Vice (2014)

inherent_header copy

 

Com apenas 7 longas-metragens no seu curriculum Paul Thomas Anderson (PTA) conta com o condão invejável de deixar toda uma comunidade a salivar a partir do momento que um projecto de sua autoria é anunciado. Esse poder é consequência de anos a produzir obra após obra de tal impacto que levaram à exaltação da perícia de Anderson com a caneta e a câmara como algo quase-incontestável e na inclusão do seu nome na lista não-oficial dos grandes autores do nosso tempo. Porém até um reportório tão invejável não está acima de ficar marcado pela negativa ou numa perspectiva mais benévola, pela excepção que prova a regra, que neste caso se chama “Inherent Vice”. Esta verdadeira pedra no sapato assinala o regresso inglorioso do autor não só ao lado mais bravio dos anos 70 mas também às adaptações de material que não o seu numa obra com mais de 2 horas que exibe um tratamento geral rico na sua pobreza.

Ler mais…